Não cometa os mesmos erros

As expressões citadas abaixo, com certeza fazem parte do dia a dia de muitas pessoas, que habitualmente as pronunciam corretamente, mas quando têm de escrevê-las, na tentativa de expressar o que pensam, sentem ou querem, cometem um grave erro ortográfico.

Mas nem tudo está perdido e sempre há tempo para obter novos conhecimentos e fazer deles, uma prática em nosso cotidiano, principalmente, quando este conhecimento se refere à Língua Portuguesa, a nossa Língua.

Quantas vezes você já parou para pensar na hora de escrever “Tudo a ver” ou “Nada a ver”, imaginando que este “a ver” fosse grafado com “h”, ou seja, “Tudo haver”?

Pois é, isso não acontece só com você! Muitos de nós já cometemos este erro, mas a partir de agora, atente-se à explicação e passe a escrever corretamente.

Nada a ver, com sentido de: nada semelhante, nada parecido, sem fatos em comum é sempre grafado sem “h”, portanto, escrever “Nada a haver” não tem “Nada a ver”, certo?

Outro termo que também sempre desperta dúvidas em quem o fala ou o escreve é a palavra gramas quando acompanhada de numeral. Anote: Em se tratando de pesos e medidas, a forma correta é “duzentos gramas”, uma vez que o substantivo “grama”, nesse contexto, é do gênero masculino.

Vou comprar trezentos gramas de peito de peru e “Não” Vou comprar trezentas gramas de peito de peru.

Na próxima dica, veremos muitos outros gramas de informação. Até lá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *