Quais são as áreas de atuação de um fisioterapeuta?

Você já deve ter ouvido falar de um fisioterapeuta ou mesmo precisou fazer fisioterapia não é mesmo? No entanto, você parou para pensar o quão importante esse profissional da área da saúde é para as pessoas? Se ele é um médico e quais suas áreas de atuação? Caso você queira ser um futuro fisioterapeuta, veja a seguir algumas características e onde você poderá trabalhar. São várias opções e você poderá ter uma amplitude nas formas de atuação. Quer saber mais? Então venha conhecer a fundo a fisioterapia.

Conhecendo a fisioterapia

A fisioterapia é a área da saúde que estuda, previne, diagnostica e trata de disfunções e problemas nos órgãos e sistemas do corpo humano. Portanto, todo profissional da área da fisioterapia está pronto para avaliar e reavaliar disfunções, além de diagnosticar, dar um prognóstico e elaborar um projeto para definir qual o melhor tratamento fisioterapêutico para cada paciente.

Para poder definir o tratamento e ajudar na recuperação do enfermo, o fisioterapeuta utiliza diversas técnicas. As mais conhecidas são as massagens e ginásticas, mas podemos encontrar tratamentos a base de calor, frio, água, luzes e os diversos aparelhos que a tecnologia vem disponibilizando juntamente com os avanços medicinais.

Onde um fisioterapeuta pode trabalhar?

Sabemos que mesmo que os fisioterapeutas não sejam médicos, estes profissionais podem ser encontrados em hospitais, clínicas médicas, consultórios, centros de reabilitação e/ou unidades básicas de saúde. No entanto, algumas academias e clubes já disponibilizam tais especialistas para seus usuários. Lembramos ainda que escolas, universidades e centros de pesquisas também são ambientes de trabalho para um fisioterapeuta. Cada um desses locais há um foco para o mercado de trabalho. Alguns locais visam atendimento especializado ao público em geral ou específico, como idosos e gestantes, enquanto outros ambientes buscam o estudo e o aprendizado dos profissionais.

As áreas de atuação de um fisioterapeuta

Podemos separar as áreas de atuação de um fisioterapeuta em dois tipos. O primeiro são os locais, como já falamos sucinta e previamente. Enquanto o segundo são as áreas da saúde que necessitam de tratamento fisioterapêutico. Confira a seguir tais áreas.

Áreas de atuação – Locais
> Fisioterapia Clínica

• Consultórios;
• Ambulatórios;
• Centros de reabilitação e;
• Clínicas e hospitais.

> Saúde Pública Coletiva

• Ações Básicas da Saúde;
• Fisioterapia do Trabalho;
• Programas Institucionais e;
• Vigilância Sanitária.

> Educação

• Pesquisa;
• Extensão;
• Supervisão técnica e administrativa;
• Docência nos níveis secundário e superior e;
• Direção e coordenação de cursos.

> Home Care

• Tratamento pessoal e residencial do paciente.

> Outros

• Equipamentos de uso fisioterapêutico — indústria e comércio.

Áreas de atuação na saúde

• Ortopedia e Traumatologia;
• Terapia intensiva;
• Fisioterapia do trabalho;
• Fisioterapia esportiva;
• Cardiologia e Pneumologia;
• Dermatologia;
• Estética;
• Grupos especiais;
• Neurologia adulta;
• Neurologia pediátrica e;
• Indústria de equipamentos.

Podemos ver o quão extensa é a área da fisioterapia. Se você está interessado na área, que tal visitar ambientes onde tais especialistas trabalham? Pergunte e tire suas dúvidas. Aproveite e compartilhe conosco o que acha da fisioterapia e suas áreas de atuação através dos comentários.

7 Comments

  1. Gostaria de saber como proceder caso o fisioterapeuta queira trabalhar na atenção primária/prevenção com palestras educativas para diversos públicos sem estar vinculado a um serviço público. Como deverá ser sua atuação? Prestador de serviços ou autônomo? Que documentação será necessária?
    Agradeço a atenção.

    1. Isso vai depender total e exclusivamente da sua força de vontade e empenho perante a sua profissão.
      Mas sim, ser um fisioterapeuta vale e ganha bem, portanto vale a pena o investimento nos 5 anos de faculdade 😃

Leave a Response