5 dicas para quem quer se preparar para o vestibular de medicina

Para uns, sonho; para alguns, uma forma estável de conquistar o futuro profissional; para outros, a possibilidade de ajudar as pessoas. Seja qual for o motivo, para se formar em medicina deve haver muito trabalho antes e durante o curso. Neste caso, vamos tratar do “antes” e de como o processo para alcançar esse objetivo é 100% transpiração, trabalho duro e persistência. A dedicação deve ser constante e, como verá, dependerá de uma organização de tempo e das atividades, ou seja, uma estratégia.

1. Tempo

Nada se faz se não ocorrer uma organização do tempo. As ideias só são colocadas em práticas se houver tempo para suas aplicações. No estudo, não é diferente. Sendo medicina um dos cursos mais concorridos — se não for o mais, a organização do tempo deve ser minuciosa, pois, se você não faz isso, outro acabará fazendo, acredite! A organização do tempo deve incluir a hora de acordar — de segunda-feira a domingo — e a de dormir, além do tempo para as refeições e o descanso (mais detalhes abaixo).

2. Plano de estudos

A criação de um plano para estudar deve levar em consideração a familiaridade das matérias, ou seja, é interessante que os assuntos da área de exatas sejam estudados próximos uns dos outros. Por exemplo, matemática na sequência de física, ou vice-versa, assim, como os de biológicas e humanas. Outro ponto que o plano deve contemplar é em relação às dúvidas: todas elas devem ser anotadas para serem tiradas com o professor e/ou em buscas na internet.

Porém, é fundamental não se prender às dúvidas, pois, dependendo do caso, pode consumir todo o tempo de estudo. Reúna-as e tire-as de uma vez. Também deve ser contemplado no plano, para sábado ou domingo, uma espécie de “resumão” do que foi estudado durante a semana. Esse resumão será muito importante nas semanas que antecederem o vestibular, pois auxiliará na lembrança do que estudou.

3. Foco: Medicina

A faculdade de medicina exige muito tempo de estudo e de aplicação, por isso, não serão poucas as vezes em que o desânimo ou a dificuldade em determinada disciplina possa tomar conta. Não deixe isso acontecer! Assim como a dúvida é aliada do conhecimento, a descrença é da derrota. É muito importante e necessário manter o foco do que se pretende. Estudar é uma atividade árdua e cansativa, se não houver foco no que se quer, não há vitória.

4. Descanso

Descanso não é opção, é necessidade e merecimento. Em relação à educação, ele deve ser físico e mental. Não se aprende ou lembra determinado assunto com uma vida sobrecarregada. Relaxar faz parte do aprendizado, pois o corpo é recarregado e a atenção é recomposta e este é o ponto-chave para a fixação do conhecimento.

5. Persistência

Não desista! Infelizmente, pela dificuldade e concorrência, ser aprovado no primeiro vestibular de medicina não é regra, mas exceção. Por isso, não se considere um fracassado ou, como alguns falam, um “burro”. O fracasso só será considerado se desistir do seu sonho ou objetivo.

Siga essas dicas e terá, com certeza, um futuro de sucesso e brilhante. Caso ainda haja alguma outra dúvida ou sugestão, deixe seu comentário e participe da conversa!

1 Comment

Leave a Response