Afinal, o que é ENEM?

Ao chegar no ensino médio as cobranças escolares aumentam bastante e, com isso, muitas dúvidas começam a surgir na cabeça dos estudantes com relação à faculdade, vestibulares, ENEM, qual profissão escolher, dentre outras.

Essas dúvidas são completamente normais, afinal, você passa a receber uma grande quantidade de informações e precisa pensar em suas escolhas e decisões.

Para ajudá-lo neste momento, vamos explicar neste texto o que é ENEM, como ele funciona e qual a importância deste exame para a sua vida acadêmica. Confira!

O que é e como funciona o ENEM?

O ENEM é o Exame Nacional do Ensino Médio, que foi criado em 1998, pelo Ministério da Educação, com o intuito de avaliar a qualidade do ensino médio no Brasil, tanto das escolas públicas quanto das particulares.

Desde o ano de 2009, o ENEM passou a ser um exame necessário para o processo de seleção das Instituições Federais de Ensino Superior e também para os programas do Governo Federal: Prouni, Sisu e Fies, que oferecem bolsas e outras facilidades para o ingresso e permanência em universidades públicas e privadas.

Quem pode fazer o ENEM?

O ENEM pode ser feito por todas as pessoas que estão concluindo ou que já concluíram o ensino médio e desejam tentar uma vaga em universidade pública, financiamento estudantil do FIES, bolsas de estudo do Prouni ou apenas querem testar seus conhecimentos.

Como é a prova do ENEM?

A prova do ENEM acontece uma vez ao ano e é dividida em dois domingos consecutivos, sendo que cada etapa conta com 45 questões de múltipla escolha, totalizando 180 questões.

O conteúdo da prova do ENEM abrange quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias e matemáticas e suas tecnologias.

No primeiro dia o estudante também deve fazer uma redação dissertativa-argumentativa, com base em um tema social, científico, cultural ou político.

Qual a importância do ENEM para o estudante?

Fazer a prova do ENEM é muito importante para quem deseja ingressar em uma universidade. Veja abaixo as principais situações onde o ENEM é um requisito!

Para entrar em universidades federais

Muitas das universidades federais utilizam a nota do ENEM como critério de seleção, podendo ser unida à nota do vestibular da própria instituição ou não. Por isso, quem pensa em estudar para entrar em uma universidade federal, não pode deixar de se inscrever e fazer a prova do ENEM.

Para concorrer às bolsas do Prouni

O Prouni (Programa Universidade Para Todos) é um programa do governo brasileiro que oferece bolsas de estudo em universidades privadas para estudantes que comprovem que sua renda familiar per capta não ultrapassa o valor de três salários mínimos.

Para concorrer às bolsas, realizar o ENEM é obrigatório, já que é por meio da nota do exame que a seleção é feita. Neste caso, o candidato não pode zerar a redação e deve atingir, pelo menos, 450 pontos na média das provas.

Para concorrer às vagas no Sisu e Sisutec

O Sisu se trata de uma plataforma de seleção de candidatos para vagas em universidades públicas, enquanto o Sisutec oferta vagas em cursos técnicos de institutos federais e universidades.

As duas plataformas utilizam a nota do ENEM como critério de seleção, portanto, a realização do exame é indispensável.

Para participar do Fies

O Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) é um financiamento com juros mais baixos, concedido pelo governo aos alunos que comprovem não ter condições de pagar a mensalidade integral no momento.

Depois de formado, o aluno tem um tempo determinado em contrato para quitar a dívida. Para participar deste programa, os estudantes que se formaram no ensino médio a partir de 2010, devem realizar a prova do ENEM.

Agora que você já entendeu melhor o que é ENEM e como ele funciona, veja como fazer a inscrição do ENEM e saiba como aproveitar ainda mais essa oportunidade!

Tags:

Leave a Response