Todos os anos, o ENEM apresenta um tema para o desenvolvimento de uma redação dissertativo-argumentativa.

Ela possui um peso importante na nota final do exame e, certamente, não pode ser negligenciada, não é mesmo?

Porém, muitos candidatos ficam um tanto confusos em relação ao tipo de texto que deve ser escrito e quais são suas principais características.

Pensando nisso, vamos apresentar alguns pontos essenciais para que você entenda o propósito desse tipo de redação e qual a melhor forma de escrevê-la. Confira!

Características de uma redação dissertativo-argumentativa:

Podemos definir esse tipo de texto como opinativo, ou seja, que apresenta uma estrutura ao redor de um ponto de vista sobre determinado assunto.

Com a finalidade de convencer o leitor que sua ideia é correta, o autor da redação deve fundamentar suas ideias com argumentos e explicações embasadas, coerentes e bem apresentadas.

Estrutura da redação dissertativo-argumentativa

Agora que você já sabe o que é uma redação dissertativo-argumentativa, chegou a hora de descobrir qual estrutura deve ser adotada na hora de apresentar o tema e as justificativas.

Introdução

Em primeiro lugar, estabeleça uma tese na introdução da redação. Apresente a ideia que será defendida no decorrer do texto. Vale ressaltar que, para construir algo sólido, é preciso ler com atenção o enunciado e também o conteúdo de apoio fornecido pela equipe técnica do ENEM.

Desenvolvimento

Em seguida, estabeleça seus argumentos, ou seja, o que será apresentado para justificar o leitor de que sua ideia é correta. Nessa parte, utilize dados estatísticos, estudos, ideias de especialistas, alusões históricas, entre outras ferramentas acadêmicas.

Conclusão

Por fim, você deve apresentar sua conclusão com uma proposta de intervenção. Com base nos argumentos mostrados, revele uma solução para o problema e conclua o texto de maneira clara e concisa.

Cuidados que você deve tomar

Leia com atenção o enunciado e os textos de apoio. Não adianta mandar bem em todos os pontos técnicos de uma redação dissertativo-argumentativa e fugir do tema. Os avaliadores até mesmo zeram provas com essa característica.

Além disso, em hipótese alguma tente defender dois tipos de ponto de vista. A ambiguidade é um erro sério e também pode causar muitos problemas na hora da correção da redação.

Fique atento para não usar uma linguagem informal, ou seja, que apresenta abreviações de palavras, gírias, trocadilhos, piadas e até mesmo palavrões. Seja sóbrio e construa também um texto sem estereótipos.

As regras da língua portuguesa devem ser bem usadas, respeitando as normas de pontuação e também de técnicas linguísticas para argumentação.

Por fim, não esqueça que – para escrever um excelente texto no ENEM – a preparação não deve ser do dia para a noite. Estabeleça uma rotina de estudos sólida e revise não somente esse conteúdo, mas também técnicas de gramática, temas relevantes para a sociedade atual, entre outros.

Agora que você já sabe como preparar uma redação dissertativo-argumentativa, aproveite para conhecer 5 possíveis temas para a redação do ENEM 2018.