Se você está se preparando para o ENEM e ainda tem dúvidas sobre o exame, veio ao lugar certo.

Preparamos uma lista especial para que você entenda de uma vez por todas os mitos e verdades sobre o ENEM e possa encarar todos os desafios da prova. Continue a leitura e tire as suas dúvidas.

1. Algumas universidades substituem o vestibular pelo ENEM?

Verdade! Em diversas universidades, a nota do ENEM substitui a necessidade de fazer o vestibular para ingressar na instituição, sendo utilizada como critério de seleção.

Também existem algumas universidades que exigem a realização do vestibular e também do ENEM, combinando as duas notas. Mas caso você tenha tirado uma nota baixa no ENEM, pode pedir para a instituição considerar apenas o vestibular.

Para evitar surpresas, informe-se com antecedência sobre o funcionamento do processo seletivo nas instituições que você tem interesse em ingressar.

2. As questões do ENEM têm valores diferentes?

Verdade! Apesar de a pontuação de cada questão não ser divulgada, as questões podem ter diferentes valores. Isso acontece porque a nota do ENEM é calculada por um sistema capaz de identificar as questões que têm maior volume de acertos e atribuir valores diferentes para elas.

Em outras palavras, o sistema de correção do ENEM define o valor de cada questão de acordo com o grau de dificuldade expressado pelos participantes. Por esse motivo, muitas pessoas fazem confusão quando comparam o número de acertos com seus amigos e percebem que não tiveram a mesma nota.

3. É possível concluir o Ensino Fundamental e o Médio pelo ENEM?

Mito! Essa opção deixou de existir em 2016, quando ainda era possível utilizar a nota do ENEM para conseguir a certificação. Porém, desde 2017 essa opção não existe mais.

Atualmente, os estudantes que desejam obter o certificado do Ensino Médio devem fazer a prova do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos).

4. O candidato pode perder pontos na redação por escrever algo que desrespeite os direitos humanos?

Verdade! Apesar de não ter a nota da redação zerada, o candidato que desrespeitar os Direitos Humanos em sua redação do ENEM poderá perder pontos.

Portanto, preste bastante atenção ao tema proposto e tenha cuidado para não expressar qualquer tipo de preconceito, intolerância, sentimento de ódio ou incentivo às más condutas em seu texto.

5. Apenas quem está saindo do Ensino Médio pode fazer o ENEM?

Mito! Qualquer pessoa que esteja cursando o último ano do Ensino Médio ou que já o tenha concluído, independemente do ano, pode se inscrever e fazer a prova do ENEM.

Alunos do primeiro e do segundo ano do Ensino Médio também podem prestar o exame, mas como treineiros. Isso significa que a nota do ENEM, não poderá ser usada para substituir vestibulares ou fazer a inscrição em programas de acesso ao Ensino Superior.

Agora que você já esclareceu os principais mitos e verdades sobre o ENEM, continue navegando em nosso blog. Aproveite também para conhecer as regras do ENEM.