Está pensando em fazer um curso de engenharia elétrica? Veja quais são as áreas de atuação, a grade curricular, o mercado de trabalho e o salário de um profissional dessa área.

Duração do curso de engenharia elétrica

5 anos (10 semestres).

Grade curricular

No curso de engenharia elétrica, o aluno encontra uma grade curricular, predominantemente, de exatas, com variações de física, química e matemática. Além disso, também se depara com aulas de engenharia básica e geral, no início, e depois matérias mais específicas. Uma pequena parte da grade também possui matérias humanas, com foco em comunicação. Em suma, há uma variação de aulas práticas, teóricas e em laboratório. O aluno terá experiências destes três tipos.

Qual é o perfil de um engenheiro eletricista?

Um engenheiro eletricista irá usar muita matemática e física em seu dia a dia, fazendo cálculos com frequência. Facilidade e interesse por estas matérias são um bom indício. Além disso, é bom que a pessoa seja curiosa e disposta a resolver problemas.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho do engenheiro eletricista é extremamente amplo e abrange muitos âmbitos. O profissional pode escolher atuar na área eletrônica, médica, de comunicações e até na construção civil. O mercado é muito aberto para esse tipo de profissionais, até porque eles são responsáveis pelo desenvolvimento tecnológico, projetando e executando sistemas e afins.

+ Infográfico | 15 passos para escolher a profissão

Áreas de atuação

Automação – Planejamento e desenvolvimento de equipamentos eletrônicos, que serão utilizados nas mais diferentes tarefas de automação em linhas industriais. Isso pode incluir desde eletrodomésticos até automóveis, por exemplo.

Construção Civil – A atuação do engenheiro elétrico na construção civil é essencial, uma vez que ele é peça fundamental para elaboração e planejamento de circuitos elétricos na construção de casas e edifícios.

Eletroeletrônica – Criação e desenvolvimento de sistemas eletrônicos, desde um celular até um aparelho doméstico. O engenheiro, nesse caso, irá projetar e desenvolver redes de transmissão de dados para que um determinado produto funcione corretamente.

Eletrotécnica – Afinal, quem vive sem energia? O engenheiro elétrico que atua nessa área planeja, desenvolve e opera sistemas elétricos. Se não fosse por esse profissional, a sociedade não teria quem elaborasse redes de energia, usinas, sistemas de geração e transmissão dos mais diferentes tipos.

Engenharia biomédica – O engenheiro elétrico também pode ter seu papel na medicina, criando equipamentos para a área da saúde. Com a tecnologia avançando cada vez mais, é extremamente importante que os profissionais que trabalham em laboratórios, clínicas e hospitais possuam os melhores aparelhos possíveis para atender à população.

Hardware e programação (computação) – Uma área que cresce muito é a de desenvolvimento de hardwares para equipamentos eletrônicos. E os engenheiros elétricos são fundamentais neste processo, já que são os responsáveis por projetar os sistemas.

Instrumentação – É um trabalho de engenheiros para engenheiros, pois o profissional que escolhe essa área cria instrumentos para que os colegas de profissão consigam mensurar dados, registrá-los, entre outras tarefas. Um exemplo disso é a medição da tensão de redes elétricas.

Microeletrônica – É bem parecida com a área eletrônica. No entanto, a diferença é que quem atua na microeletrônica desenvolve equipamentos menores, como chips, para os mais diversos sistemas de computação e comunicação. Isso inclui celulares, computadores e afins.

Telecomunicações – O engenheiro que escolhe a área de telecomunicações projeta e desenvolve serviços de transmissão de dados, seja por imagem ou por som. Isso abrange a área telefônica, principalmente, mas também qualquer tipo de comunicação, como um todo.

Salário

A média salarial de um engenheiro eletricista varia entre R$ 3.500 a R$ 8.000 (dependendo do porte da empresa e do cargo). No entanto, um profissional experiente pode receber até R$ 35.000 por mês.

Se você tem interesse pelo curso de Engenharia Elétrica, mas ainda não tem certeza sobre a sua escolha, aproveite para fazer o download do e-book “Como escolher uma profissão”.