Muitas pessoas vêem a pedagogia como sendo um curso exclusivo para ser professor. No entanto, a profissão vai além disso. Venha conhecer!

Você é uma pessoa comunicativa, que tem prazer e desenvoltura para ensinar aos seus amigos, familiares e afins? Portanto, está na hora de você conhecer o curso de pedagogia, porque ele pode se encaixar muito bem no seu estilo. A profissão vai além da sala de aula e pode atingir níveis que a maioria das pessoas nem imaginam que há um pedagogo por trás. Então chegou a hora de você ter todas as informações sobre esse curso, incluindo salário médio, perfil do profissional, áreas de atuação e disciplinas abordadas na faculdade. Vamos juntos?

+ Conheça também o curso de administração

Duração do curso de pedagogia

O padrão para um curso de licenciatura em pedagogia é de 3 a 4 anos, ou 6 a 8 semestres.

Disciplinas do curso de pedagogia

As grades curriculares variam de instituição para instituição de ensino. No entanto, vamos citar aqui as principais e as que estão presentes em todas as universidades do Brasil. Confira:

  • História da Educação
  • Educação inclusiva
  • Psicologia da aprendizagem
  • Corpo, movimento e arte na educação infantil
  • Pesquisa em educação
  • Literatura infantil
  • Letramento e alfabetização
  • Didática
  • Educação de Jovens e Adultos
  • Políticas educacionais
  • Metodologia do Ensino
  • Sociologia
  • Antropologia
  • Filosofia
  • Psicologia da Educação

Durante o curso, também é obrigatório fazer um estágio supervisionado.-

Qual é o perfil de um pedagogo?

Além de ser uma pessoa que, acima de tudo, gosta de ensinar, existem outras características desejáveis a um bom pedagogo. Vamos citar algumas delas. Uma das mais importantes é a criatividade. Criatividade para lidar com pessoas e perceber que cada uma age de maneira distinta aos estímulos recebidos. É saber se reinventar constantemente para ajudar os demais da melhor forma.

Além disso, organização e capacidade de se planejar, tanto para que tudo ocorra bem quanto para quando surjam adversidades. Atuar em equipe também é preciso. Afinal, será sempre um trabalho integrado entre todas as áreas que atingem o “aluno”.

Ser dinâmico para tornar tudo divertido, empatia com o próximo, saber ler emocionalmente as pessoas e ter desenvoltura para explicar tudo da melhor maneira, tanto para a criança quanto para os seus pais. Se você unir tudo isso ou pelo menos boa parte, sem dúvida será um ótimo pedagogo.

As áreas de atuação para pedagogia

Seria impossível citar todas as áreas de atuação aqui, mas iremos citar algumas das mais conhecidas.

Sala de aula

É a área de atuação mais comum e tradicional para um pedagogo. É um dos ambientes mais desafiadores para o profissional e que exige muito de suas habilidades, mencionadas acima. Ele pode trabalhar, com crianças das mais variadas idades e o seu objetivo é o desenvolvimento das crianças. Isso inclui não só a alfabetização, mas também o desenvolvimento pessoal e emocional.

Há também a educação na sala de aula para jovens e adultos que não deram continuidade aos seus estudos ou que não tiveram acesso ao ensino quando mais novos. A metodologia é totalmente diferente e isso é abordado na faculdade.

Psicopedagogia

Quem opta pela psicopedagogia, encara e estuda processos de aprendizagem de pessoas de todas as idades. Seu objetivo é identificar transtornos que interferem na assimilação de conteúdo. Para isso, são utilizadas práticas da psicologia e da antropologia. Esse é um dos motivos para que haja matérias específicas para isto na graduação. O psicopedagogo pode atuar em escolas, hospitais, ONGS, consultórios e afins.

Pedagogia hospitalar

Esta é uma das áreas mais nobres e importantes da pedagogia. É a área que garante educação à crianças e adolescentes do hospital. Aqui, o atendimento é mais humanizado e foca não só na educação, mas numa melhora emocional do paciente. É preciso ter muita sensibilidade para desempenhar tal tarefa.

pedagogia no hospital. pedagogo ensinando criança com câncer

Área administrativa da escola

Também é possível atuar na área administrativa da escola, na direção e na coordenação. Pode parecer que não, mas é muito importante que esse profissional tenha a formação em pedagogia. Afinal, ele lidará diretamente com alunos e com quem os ensina.

Pedagogia na tecnologia

Nos últimos anos, os pedagogos vêm trabalhando também no ramo da tecnologia, desenvolvendo softwares e jogos educativos.

Editoras, visando materiais didáticos

O pedagogo também pode atuar em editoras, elaborando materiais didáticos e interferindo na educação, com livros e apostilas bem produzidas.

Pedagogia empresarial

O ambiente corporativo é outra opção para o pedagogo. Aqui são buscados conceitos para desenvolver outros profissionais e ajudá-los na criatividade e espírito de equipe. É preciso um estudo prévio para saber de qual ramo aquela empresa faz parte.

pedagogia empresarial. pedagoga na empresa falando com os empregados

Pesquisas educacionais

É a escolha mais acadêmica para quem se forma em pedagogia. Aqui, são desenvolvidos novos métodos de ensino e aprendizagem. Ao mesmo tempo, contribui-se e anda lado a lado com a ciência.

Salário do pedagogo

O salário do pedagogo varia muito de acordo com a área de atuação e a função estabelecida. Isso ocorre porque alguns profissionais atuam na educação infantil, enquanto outros no ensino superior, por exemplo. E, no Brasil, muitos cargos da pedagogia não são valorizados da forma que mereciam. Isso porque trata-se de uma profissão que modula a sociedade.

O que pode-se dizer é que para um profissional recém-formado, a média gira por volta dos R$ 2.000,00. Já para profissionais mais experientes pode variar de R$ 3.000,00 a R$ 10.000,00 para cargos mais altos, como o de um diretor pedagógico.