Saiba quais são os benefícios e os malefícios de cada uma das escolhas

Dilema comum entre os vestibulandos das capitais de todo o Brasil é decidir entre estudar em sua cidade natal ou então se aventurar no interior, buscando tranquilidade, independência e engajamento. Como tudo na vida, existem prós e contras e, se você vive esse dilema, hoje vamos te dar uma forcinha para te ajudar a tomar uma decisão tão importante na sua vida. Vamos juntos?

Abaixo, apresentaremos os benefícios de cada uma das escolhas. Os contras serão, obviamente, os prós da oposta. Vale ressaltar que o perfil de estudante que estamos abordando aqui é aquele que mora em uma grande cidade com seus parentes e ele está na dúvida entre ir morar sozinho para estudar em outra cidade ou ficar na casa dos pais e fazer seu curso na capital, certo?

Confira:

Prós de estudar no interior

Maior contato com os colegas

Morar em uma cidade em que você não conhece ninguém vai deixar seus laços mais estreitos com os colegas. Você ficará mais próximo deles do que da sua própria família. Ou melhor, eles se tornarão sua família. Você vai trocar conhecimento, conhecer mais gente nova, de culturas diferentes e isso vai te ajudar tanto dentro da sala quanto fora, em atividades extracurriculares (como esportes, coletivos, grupos culturais e afins).

Independência

Você irá se redescobrir. Afinal, vai sair das “asas” dos pais e vai aprender a morar sozinho! Sim, esse dia chegou. Você vai ter que cozinhar, lavar louça, lavar roupa, acordar sozinho, se locomover e tudo o que engloba um verdadeiro “se virar”. Vai topar esse desafio? Certamente, será uma experiência de vida incrível. E, ah, cuidado pra não exagerar nas festinhas, hein?

Custo de vida mais baixo

A tendência é que quanto mais para o interior do estado, mais barato será o custo de vida. Alimentação, transporte, aluguel e mercado serão, fatalmente, mais baratos do que na capital. Nessas horas vale colocar no papel seus custos com uma universidade privada na capital x seus custos em uma pública no interior. Pesquise sobre a sua cidade de interesse, visite-a se possível e faça os cálculos. Coloque na balança a qualidade das duas instituições e se pergunte qual vale a pena.

Tranquilidade

Ah, a tranquilidade do interior…esse é, sem dúvidas, um dos principais prós para se estudar fora da loucura das capitais. Menos trânsito, poluição e, principalmente, barulho para se concentrar nos estudos ou no que você quiser.

Engajamento com outra cultura e com a sociedade local

Morar fora da sua cidade vai fazer com que você se conecte a outra cultura, outro modo de vida e conheça pessoas totalmente diferentes da sua realidade. Pode não parecer, mas essa é uma das melhores experiências possíveis para entender a sociedade.

Prós de estudar na capital

Proximidade da família

Aconchego igual ao da família não existe igual. E, talvez você não perceba, mas há muita comodidade. Comida pronta, roupa lavada, louça ao menos dividida e por aí vai. É…morar com a família é muito bom e você só vai dar valor quando não morar mais com eles. Não deixe isso acontecer.

Mercado de trabalho mais amplo

Um dos grandes trunfos para se estudar na capital é que você encontra mais oportunidades de emprego, estágios e está mais próximo de tudo que acontece. Uma coisa a ser levada em conta é que os contatos que você manterá após a faculdade estarão todos na mesma cidade que você. Isso é muito bom, porque indicações são extremamente valiosas.

Proximidade dos amigos de infância

Se você é muito apegado aos seus amigos de infância/adolescência está aí mais um motivo para ficar na capital. A proximidade com eles pode ser muito importante para se distrair em épocas de prova, estresse e TCC.

Sem custos de moradia

Na capital, provavelmente, você fará uma universidade privada, mas por outro lado, não precisará pagar um aluguel. Como dissemos acima, vale a pena colocar tudo no papel e na balança para ver a relação custo-benefício.

Dependendo da profissão, estar perto de centros econômicos pode ser uma boa

Mais estrutura, perto dos acontecimentos sociais e do dinheiro é uma boa para profissões como jornalismo, publicidade, administração, tecnologia da informação e demais profissões envolvidas com tecnologia são fortes exemplos. Pense na sua profissão e veja se é melhor estar isolado ou perto de centros econômicos.