Confira 5 conteúdos de geografia mais frequentes no ENEM para fazer a revisão a algumas semanas antes das provas e chegar preparado.

Faltam menos de dois meses para o ENEM 2019 e essa é uma boa hora para você começar a revisar os conteúdos estudados durante o ano. Hoje, separamos 5 conteúdos de história, que são frequentes no maior vestibular do Brasil e que têm grandes chances de reaparecer nesse ano. A melhor forma para fazer uma revisão é você pegar suas anotações antigas e ir relembrando o que foi aprendido em sala de aula. E, ah, o mais importante: procure exercícios sobre esses conteúdos e treine! É só assim que o conteúdo é fixado na memória. Vamos lá?

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que o ENEM tem um critério próprio para analisar seus candidatos e espera que eles saibam tudo aquilo que é relevante sobre conteúdos gerais, que impactaram ou impactam a sociedade. Portanto, conteúdos da disciplina com essas características costumam ser os mais cobrados.

5. Meio ambiente

Meio Ambiente, com certeza, cai no ENEM. Não há dúvida alguma, ainda mais em um ano como o de 2019, em que tantas tragédias ambientais vem acontecendo no Brasil.

E o que você precisa saber a respeito? Primeiro, que existem processos que acontecem pela natureza outros que são agravados pelo homem e, ainda, os que são de total culpa do ser humano – os crimes ambientais.

Exemplos:
– Os fenômenos ‘El Niño’ e ‘La Niña’ acontecem devido a processos naturais.
– O aquecimento global é um exemplo de fenômeno natural, agravado pelo ser humano.
– As tragédias de Mariana, Brumadinho e o óleo derramado no nordeste são exemplos de tragédias causadas pelo homem.

Chuva ácida, ilhas de calor e temperaturas extremas são outros conceitos importantes para a revisão.

4. Indústria

Em Indústria, o mais importante é entender a localização industrial não é aleatória, mas sim de acordo com o custo-benefício. Isso é chamado de “fatores locacionais” e são os mais variados possíveis.

Na 1ª revolução industrial, as fábricas buscavam localizações próximas de fontes de matéria-prima e carvão mineral. Com o passar do tempo e com o andar das revoluções industriais, isso foi mudando. Atualmente, busca-se mão de obra qualificada e custo baixo em relação à legislação ambiental e trabalhista. Por isso, a desconcentração industrial vem acontecendo nas últimas décadas, saindo das grandes cidades e países. Não à toa, muitas de suas roupas vem de China e Taiwan, não é mesmo?

Recado: revise tudo sobre as revoluções industriais e esses fatores mencionados sobre as indústrias da atualidade.

3. População e migrações

População e migrações são temas que caem, praticamente, todos os anos do ENEM. Afinal, todos fazem parte de uma população. Nesse caso, o importante é estudar sobre o que acontece com a população brasileira. Atualmente, nosso ritmo de crescimento não é tão grande quanto nas décadas anteriores. O Brasil já passou pela fase conhecida como “explosão demográfica” e o que acontece agora é uma diminuição das taxas de natalidade e de fecundidade e uma queda na taxa de mortalidade e da expectativa de vida. Ou seja, os brasileiros estão vivendo mais tempo em média e tendo menos filhos. Com isso, a tendência é que o Brasil passe a ter um crescimento cada vez menor, até que a população brasileira começará a diminuir e chegará ao envelhecimento populacional.

Isso já aconteceu em países desenvolvidos. No entanto, principalmente em países africanos, o que acontece é o oposto, com o crescimento populacional acelerado. Isso acontece porque o processo de industrialização, para eles, foi mais tardio – esse processo é conhecido como transição demográfica.

É importante que você estude as soluções para os diferentes casos. Em determinadas áreas, é preciso aplicar medidas de planejamento familiar, para diminuir o crescimento, e em outros de incentivo à natalidade, para aumentar o crescimento populacional. Caso contrário, duas coisas podem acontecer: um país ter excesso de pessoas e, assim, não haver trabalho para todos, ou ter falta de mão de obra na PEA (População Economicamente Ativa).

2. Espaço Urbano

O espaço urbano é aonde, atualmente, reside a maior parte da população mundial. No entanto, isso não é uma verdade desde sempre. Afinal, a urbanização (quando um determinado país, estado ou cidade tem mais pessoas vivendo na área urbana do que rural) é um processo recente. Esse fenômeno aconteceu, primeiramente, nos países desenvolvidos a partir da 1ª e da 2ª revolução industrial, entre os séculos XVIII e XVIV. Nos países subdesenvolvidos, como o Brasil só aconteceu no meio do século XX.

Em várias cidades, isso faz com que aumente o número de habitantes e gere uma série de fenômenos, como conurbação, metropolização e desmetropolização (de fábricas e indústrias). É importante que você estude todos.

Além disso, problemas de grandes cidades, como excesso de trânsito, violência, desigualdade social, também merecem uma boa revisada.

Outros conceitos: megacidades, megalópoles e cidades globais.

1. Espaço Rural

Sobre Espaço Rural, um dos temas que cai todo santo ano no ENEM, é importante que você saiba que, atualmente, o campo é muito diferente do que no passado. Desde a metade do século XX, algo denominado “Revolução Verde” vem acontecendo. Esta revolução é o nome dado para um conjunto de técnicas e tecnologias agrícolas, que fizeram com que houvesse uma modernização da agricultura em vários países do mundo, incluindo o Brasil – onde também é conhecida como modernização conservadora e você já verá o porquê. Essa modernização consiste em aplicar o uso de novas práticas, como tratores, fertilizantes, sementes geneticamente modificadas, agrotóxicos, etc…

Todas tem o objetivo de aumentar a produtividade e, quase sempre, acabam diminuindo a qualidade e prejudicando não só o consumidor, como o pequeno agricultor, em prol de grandes empresas – ou seja, aumentando a desigualdade social. É algo conhecido como fagocitose rural. Ainda, vale lembrar que o espaço rural brasileiro é caracterizado pela grande concentração de terra nas mãos de poucas pessoas – o que é chamado de concentração fundiária (algo histórico desde a época de Brasil colônia).

Portanto, é importante que você saiba os lados positivos e negativos da “Revolução Verde”.

Além disso, vale a pena saber a diferença entre os modelos agrícolas extensivo e intensivo. Outros temas que costumam dar as caras no ENEM: agricultura de plantation, de subsistência, empresarial e a de jardinagem. E, para concluir, dê uma passada em agrotóxicos e alimentos transgênicos. Tudo isso englobado dentro das “novas ruralidades”, que é o novo jeito de se viver no campo após essa revolução.