Confira 5 conteúdos de química mais frequentes no ENEM para fazer a revisão a algumas semanas antes das provas e chegar preparado.

Faltam menos de dois meses para o ENEM 2019 e essa é uma boa hora para você começar a revisar os conteúdos estudados durante o ano. Hoje, separamos 5 conteúdos de química, que são frequentes no maior vestibular do Brasil e que têm grandes chances de reaparecer nesse ano. A melhor forma para fazer uma revisão é você pegar suas anotações antigas e ir relembrando o que foi aprendido em sala de aula. E, ah, o mais importante: procure exercícios sobre esses conteúdos e treine! É só assim que o conteúdo é fixado na memória. Vamos lá?

1. Funções orgânicas

As funções orgânicas caem, praticamente, em todos os anos com duas ou três questões. O reconhecimento dessas funções é o assunto mais cobrado dentro deste universo. Mas, é bom também revisar sobre as funções oxigenadas e as funções nitrogenadas.

Sugestão: faça uma lista de todas as funções orgânicas e coloque nela o grupo funcional. Faça exercícios a partir disso. No início, você precisará consultar essa lista, mas na medida que for praticando, irá perdendo essa necessidade de consulta. Você vai passar a dominar todas as funções.

2. Estequiometria

A Estequiometria cai direta ou indiretamente, todos os anos na prova da ENEM. Isso porque a relação entre as substâncias presentes numa reação química também é Estequiometria. Treine exercícios para saber interpretar o que determinada questão está querendo de você e para ir se familiarizando com a regra de três. Não se esqueça que a reação química deve estar balanceada. O balanceamento da reação química significa que você conseguiu colocar os coeficientes de modo que não haja erro na proporção entre os componentes.

3. Química Ambiental

É a parte do meio ambiente, na qual a química inserida consegue resolver problemas. O que pode ser cobrado é a relação da chuva ácida (algo relacionado a funções inorgânicas ou até mesmo dentro de Estequiometria), de efeito estufa e de seus gases formadores (é bom saber quais gases mais contribuem para o Efeito Estufa) e até mesmo camada de ozônio. É preciso saber as soluções para resolver todos esses problemas citados.

4. Radioatividade

É importante revisar toda a parte de emissão de radiação, emissão de partículas, composição da partícula alfa, composição da partícula beta, quais são as outras partículas e emissões radioativas. É preciso saber o que acontece com a massa e com o número atômico de um elemento quando ele emite partículas. Estudar decaimento é necessário.

A parte de cinética radioativa. Mais precisamente, a meia-vida (tempo necessário para que a mostra radioativa perca metade da sua massa ou da sua atividade) é um assunto que o ENEM cobra bastante. É importante dominar o gráfico de meia-vida para que seja possível fazer a leitura do tempo de meia-vida de um determinado radioisótopo.

5. Termoquímica

Outro assunto muito cobrado e que precisa ser revisado. Faça exercícios relacionados à equação química da entalpia para ir se familiarizando com os conceitos e a estrutura delas.